Entidade de Novembro de 2011

Cruz Vermelha Portuguesa – Delegação da Trofa

Entidade de Novembro de 2011


Cruz Vermelha Portuguesa – Delegação da Trofa

 

A Delegação da Trofa desenvolve a sua missão de acordo com os Estatutos da Cruz Vermelha Portuguesa e age em conformidade com as normas do Direito Internacional Humanitário, tendentes a garantir o respeito pela dignidade da pessoa humana, a favorecer a paz, a minimizar os efeitos negativos dos conflitos e a proteger a vida e a saúde das populações.

Tem por objetivo melhorar as condições de existência das pessoas vulneráveis através da mobilização do poder da Humanidade e em conformidade com Princípios Fundamentais: Humanidade, Imparcialidade, Independência, Neutralidade, Voluntariado, Unidade e Universalidade.

Assim, a Delegação da Cruz Vermelha da Trofa pauta a sua atuação por minimizar as situações de carência social da população do concelho onde atua. Almejando, através das suas inúmeras intervenções, colmatar as situações de exclusão social na Trofa e fomentando uma sociedade que promove e sustenta a qualidade de vida, incluindo o bem-estar social, particularmente dos mais vulneráveis, bem como, a igualdade de oportunidades para todos. Tem como resposta mais visível o apoio ao nível alimentar, mas tem pautado nos últimos anos a sua intervenção pela aposta na formação, bem como na prevenção das toxicodependências.

 

Principais Projetos:

  • Atendimento integrado “Loja Social”: Através de um acordo entre a autarquia da Trofa e a Segurança Social, 5 instituições (CVP, Santa Casa da Misericórdia, Câmara Municipal, ASAS e Segurança Social) atendem no mesmo local e evitam duplicação de procedimentos, conseguindo até à data trabalhar verdadeiramente o atendimento integrado;
  • Programa Comunitário de Ajuda Alimentar a Carenciados (PCAAC): Apoio alimentar a cerca de 350 agregados familiares (cerca de 900 pessoas), sendo 213 dos mesmos apoiados mensalmente (cerca de 540 pessoas);
  • Plano Municipal de Prevenção Primária das Toxicodependências (PMPPT): Resultado de uma parceria com a Câmara Municipal, a Delegação da Trofa colabora com a Escola EB 2,3 de São Romão do Coronado (cerca de 60 jovens) para fomentar a escolha de hábitos de vida saudáveis;
  • Apoio em vestuário e calçado às famílias mais carenciadas;
  • Ajudas técnicas: A Delegação da Trofa possui equipamento técnico, nomeadamente cadeiras de rodas, camas articuladas, colchões anti-escaras e muletas, para assistir quem mais precisa e não pode adquirir esses equipamentos;
  • Acompanhamento psicológico: A Delegação da Trofa disponibiliza um espaço de terapia e aconselhamento a utentes acompanhados no âmbito da ação social e RSI, assim como utentes de outras instituições;
  • Membro da Comissão de Proteção de Crianças e Jovens em Risco da Trofa (CPCJ), na sua modalidade restrita e alargada;
  • Membro da Rede Social da Trofa;
  • Projeto de Prevenção das Toxicodependências, TER Prevenção: Este projeto tem como objetivo o fomento de hábitos de vida saudáveis nas crianças e jovens do concelho da Trofa, através de intervenções em meio-escolar e comunitário. Estará em curso até Março de 2013 e já formou professores, pais, técnicos, jovens crianças. (http://terprevencao.com/ e http://www.facebook.com/profile.php?id=100001789718945 )
  • Curso Formação para a Inclusão “Novo Sentido”: visa aproximar ao mercado de trabalho, pessoas com baixas qualificações e recursos. (http://www.onoticiasdatrofa.pt/nt/nt/index.php?option=com_content&view=article&id=8141&Itemid=410)
  • Programa EDUCAR: apoio ao estudo de jovens, dos 6-14 anos, com dificuldades de aprendizagem e carências económicas;
  • Recolha de livros escolares para doação a famílias que não possam comportar a sua aquisição.

 

Com a atual conjuntura económica as situações de pobreza e vulnerabilidade sofrem um agravamento notório. Com o objetivo de proporcionar à população alguma qualidade de vida, satisfazendo as necessidades básicas, a Delegação da Trofa apresenta o seu novo projeto: “Porta de Sabores”.

Este projeto visa a construção de um refeitório social que deverá entrar em funcionamento no final de Novembro de 2011. No entanto, para tal ainda são necessários elementos, nomeadamente panelas, pratos, tabuleiros e detergentes, para os quais a Delegação da Trofa solicita apoio.

A Cruz Vermelha é uma Instituição humanitária de caráter voluntário, pelo que o Voluntariado constitui a sua essência, sendo uma outra forma de apoiar o trabalho que a Delegação da Trofa desenvolve.

Poderá ainda ajudar a Delegação da Trofa através um donativo monetário para o seguinte NIB: 0045 1211 4022 3569 86611.

Imprimir

Partilhar: