Vamos ajudar Moçambique

Missão de emergência na sequência do ciclone Idai

Em março de 2019, o ciclone Idai devastou a região da Beira, em Moçambique. 2 milhões de pessoas foram afetadas pelo ciclone, tendo perdido as suas casas. Muitos destes afetados eram crianças.

A Fundação Galp associou-se, assim, à ONGD HELPO na missão de emergência em nutrição materno-infantil. A recolha de bens, que aconteceu de norte a sul de Portugal e em Madrid, incluía roupa de bebé e criança, fraldas de pano, mantas, sabão, farinhas lácteas e não lácteas, enlatados com abertura fácil, bolachas e outros alimentos não perecíveis.

Face à situação de calamidade vivida na província de Sofala, a Fundação Galp juntou-se também à Cruz Vermelha no apoio humanitário para bens de primeira necessidade, doando um valor de €150.000. Simultaneamente, a Galp mobilizou os seus colaboradores para recolha de bens necessários, identificados pela Cruz Vermelha.

Impacto

Imprimir

Partilhar: