03/05/2019 | Energia e Ambiente

“O Mar Que nos Une” em exposição no World Press Photo 2019

Fundação Galp apoia viagem fotográfica sobre os mares que unem Portugal, Espanha, Brasil, Moçambique e São Tomé e Príncipe

É numa passagem pelo Museu Nacional de História Natural e da Ciência, no Príncipe Real em Lisboa, que podemos embarcar n’O Mar que nos Une, uma foto reportagem promovida pela Fundação Galp, em parceria com a VISÃO, que estará em exposição de 27 de abril a 19 de maio.

Esta viagem em formato fotográfico conta-nos uma estória emotiva e ao mesmo tempo informativa sobre os mares que unem Portugal Continental, Açores, Espanha, Brasil, Moçambique e São Tomé e Príncipe, cinco dos países onde a Galp está presente.

O mar, um ecossistema que cobre 71% da superfície terrestre, está em claro perigo. Existem espécies em risco, algumas sobre-exploradas e outras que foram drasticamente reduzidas. Está previsto que em 2050 haverá mais lixo que peixes no oceano. A conservação dos oceanos, mares e recursos marinhos é, por isso, para a sobrevivência na terra e constitui um dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável estabelecido na agenda 2030 das Nações Unidas, ao qual todos os países tentam corresponder de forma global.

O conhecimento e a mudança de comportamentos em prol do oceano é também o mote dos Projetos Educativos promovidos pela Fundação Galp. Em parceria com o CEiiA - Centro de Engenharia e Desenvolvimento de Produto e com a Sustainable Ocean Business Platform do United Nation Global Compact, os Projetos Educativos reconhecem a importância de promover o envolvimento ativo e a literacia das crianças, dos jovens e das comunidades em torno do tema do ODS número 14, a Proteção dos Oceanos.

O “Mar que nos Une” é o resultado do trabalho de seis conceituados fotógrafos – Ana Catarina, Arlindo Camacho, Bruno Pedro, Dário Pequeno Paraíso, Joel Santos e Nuno Sá que procura a sensibilização de todos para salvaguardar a biodiversidade, o bem-estar e a prosperidade das próximas gerações. No fundo, para a proteção do nosso oceano e do nosso planeta.  

Saiba mais sobre a exposição do World Press Photo aqui! 

Imprimir

Partilhar: