31/05/2019 | Cultura e Educação

Energy Bootcamp 2019

Fique a conhecer as soluções vencedoras das escolas portuguesas que participaram nos Projetos Educativos UP

O Galp Energy Bootcamp, que decorreu no CEiiA, em Matosinhos, nos dias 28 e 29 de Maio, teve como mote a celebração do Dia Mundial da Energia e consagrou um dos Projetos Educativos da Fundação Galp: os Projetos UP. Deu palco a 15 equipas finalistas que apresentaram as suas soluções finais na corrida ao primeiro lugar nas três categorias do Projeto: Missão UP, Power Up e Switch UP.

As soluções desenvolvidas pretendem responder a desafios relacionados com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável definidos pela Agenda das Nações Unidas até 2020, e têm um grande foco em temas como o consumo sustentável, a transição energética e a mobilidade.

“Os Vigilantes do Plástico” abriram as hostes e foram o grupo vencedor da Missão UP, a categoria com alunos do 1º ao 4º ano. A turma do 3.º ano da Escola Básica de Águeda venceu com um projeto que procurou encontrar alternativas ao uso do plástico através da criação de uma lancheira biodegradável, feita em cartão, de forma a substituir os sacos e bolsas de plásticos onde os alunos levam os lanches. Na categoria Power UP, com alunos do 5º ao 9º ano, o projeto vencedor visa a criação de um fertilizante natural através de papel reciclado com sementes incorporadas. A solução foi criada por 11 alunos do 7º ano da International School of Palmela.

Entre os projetos da categoria Switch UP, o júri elegeu como vencedor um protótipo desenvolvido por quatro alunos do 11.º ano da Academia de Formação Atec, em Palmela. O grupo “Green Water Solutions” desenvolveu um produto cujo funcionamento tem como base o aproveitamento do fluxo da água das redes da escola para gerar energia elétrica e aumentar a eficiência energética.Os projetos vencedores vão agora receber prémios entre os 1.000€ e os 7.000€ em financiamento para a sua implementação.

Criados em 2010 pela Fundação Galp, os projetos educativos Missão Up, Power Up e Switch Up já impactaram mais de 1,5 milhões de alunos, contaram com a adesão de perto de 1.600 escolas e tiveram mais de 900 projetos desenvolvidos para avaliação do júri. 

Destinados às escolas do Ensino Básico e Secundário, estes projetos educativos da Fundação Galp têm como objetivo promover o envolvimento dos alunos e a sua sensibilização para a tomada de atitudes e mudança de comportamentos em prol de uma melhoria do consumo sustentável na escola, em casa e na comunidade envolvente, enquadrada pelo conceito global dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

 
 

 

 

 

Imprimir

Partilhar: